POULE:: Chingale perto de deixar Zambézia sem o Moçambola!

Os canarinhos de Tete deram um passo à frente rumo ao Moçambola2023 ao derrotarem este domingo, 04 de Dezembro, o Ferroviário de Quelimane (2-0) no Municipal 25 de Setembro – Moatize.

Texto: David Nhassengo

Os tentos que fizeram a história da partida foram apontados na primeira e segunda partes do jogo, com o segundo a levar a a perfeita ebulição o público do Municipal 25 de Setembro, que nada mais poderia fazer se não gritar pelo “Moçambola”.

Afinal, com esta vantagem de 2-0, o Chingale de Tete só ficaria pelas covas se perdesse por uma diferença mínima de três golos na partida da segunda mão, marcada já para o próximo sábado, 10 de Dezembro, no campo do Ferroviário de Quelimane. Se a diferença for de dois golos, os dois conjuntos submeter-se-ao ao desempate por grandes penalidades.

Refira-se que, com este resultado angustiante para a turma locomotiva, a província da Zambézia está na iminência de ficar sem o Moçambola no próximo ano.

É que, com a despromoção este ano do Matchedje de Mocuba, os holofotes posicionaram o novato Sumeia de Mocuba como legítimo substituto. A euforia inicial provou-se ser obra de um tiro de pólvora seca e aquele emblema acabou eliminado com mais pena do que glória.

As esperanças acabaram sendo depositadas neste Ferroviário de Quelimane que terá de superar uma desvantagem de dois golos para poder representar Zambézia no Moçambola2022. [OC]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s