MAMBAS:: Quando quem não está faz realmente falta!

O seleccionador nacional de futebol, Luís Gonçalves, fez hoje o ponto de situação dos atletas indisponíveis e outros em dúvida para os desafios dos Mambas diante de Ruanda e Cabo Verde, para a derradeira fase de apuramento ao Campeonato Africano das Nações, Camarões-2021.

Texto: David Nhassengo

Falando em conferência de imprensa havida na manhã deste domingo, 21 de Março, na sede da Federação Moçambicana de Futebol, Luís Gonçalves fez saber que os Mambas partem para o Ruanda não na máxima força devido à ausência de vários atletas que militam em clubes estrangeiros.

Ainda assim, o selecionador disse que mantém viva até à última hora a esperança de contar com os referidos atletas porque, na sua óptima, são um autêntico plus na estratégia montada para golpear os ruandes e cabo-verdianos.

Nunca desisti e nem desisto de ter aqueles que entendo que são realmente os atletas que estão no melhor momento para representar a selecção nacional”, manifestou o técnico, para de seguida declarar-se à Secretaria de Estado do Desporto e à direcção da Federação Moçambicana de Futebol.

Quero elogiar aqui a direcção da FMF que tudo tem feito com a SED para conseguirem que os clubes do estrangeiro cedam os atletas. Têm exercido pressão junto de várias federações para que estes, por sua vez, abordem os clubes”, anotou, nestes termos, Luís Gonçalves, em dia verdadeiramente santo.

O Ponto de Situação da Ausências e Dúvidas

Vale lembrar que foi devido às medidas restritivas adoptadas por vários países, sobretudo europeus, para evitar a propogação do novo coronavírus que a FIFA decidiu retirar a obrigatoriedade de os clubes cederem atletas às respectivas selecções nacionais. Sobretudo naqueles (países) em que se impõe quarentena obrigatória de mais de cinco dias a todos os “regressados”.

Mas porque o universo parece não conspirar a favor da Amada Pátria, para além dos infectados pelo “vírus-FIFA” há os indisponíveis ou em dúvida por conta de problemas físicos e do maldito coronavírus que já deixou o combinado nacional sem Kamo-Kamo por ter testado positivo horas antes de seguir viagem a Maputo.

Abaixo, encontre o ponto de situação dos “estrangeiros” feito por Luís Gonçalves durante a conferência de imprensa havida na manhã deste domingo, 21 de Março, na sede da Federação Moçambicana de Futebol.

  • MEXER SITOE? Aquando do anúncio da pré-convocatória, adiantei que o Bordéus já tinha dado informação negativa a respeito da vinda dele. Mas eu fiz questão de o manter na convocatória como os outros porque nós sabemos que, com aquela decisão da FIFA, muitas selecções, sobretudo as africanas, saíriram prejudicadas. Não somos os únicos, mas só temos de olhar para os nossos problemas.
  • REINILDO MANDAVA? Tem havido muitas pressões da parte de várias federações em relação a vários clubes, agora se eles vem ou não ainda não tenho certeza absoluta. Mas naturalmente ficarei muito satisfeito se ele puder dar o seu contributo à selecção e, até à última, espero que a vinda dele seja uma realidade.
  • REGINALDO FAITE ? Não estará em nenhum dos dois jogos. O seu clube foi inflexível. Curiosamente no mesmo clube há um jogador que faz parte da selecção de Ruanda que também não foi autorizado.
  • ZAINADINE JR E AMÂNCIO CANHEMBA? Ainda não tenho certeza absoluta, mas tudo indica que vai ser difícil ter os dois atletas por cá. Todavia continua a existirem contactos, negociações, pressão…Enfim! Continuamos a tentar.
  • PEPO? Tinha uma expectativa enorme em relação a ele. Recebi muito recentemente a notícia de que, infelizmente, lesionou-se e não representou o seu clube no último jogo. Está por isso de fora.
  • GENY CATAMO? Não pode vir porque está a recuperar de lesão. Tem de cumprir com a sua recuperação no Sporting Clube de Portugal. Penso que existe também a expectativa do próprio treinador principal do clube leonino, Rúben Amorim, em relação ao jogador…
  • CLÉSIO BAÚQUE? Vem, de certeza. Inicialmente dissera-me que não era possível, mas depois o clube cedeu, dentro do trabalho desenvolvido pela FMF e pela SED, de manter contacto e pressionar os clubes.
  • DAVID MALEMBANA? Falei com ele e estava ansioso para, finalmente, representar a selecção nacional. Mas a informação de que tenho sobre ele é negativa. Dada pelo próprio clube.
  • FAIZAL BANGAL? A informação que tenho é de que vai estar em Kigali. Não tenho outra informação, que seja contrária a isso.
  • WITI? Está na Madeira, uma região autónoma que tem algumas regras e leis diferentes em relação à quarentena. Está na mesma situação que a de Zaiandine Júnior e Amâncio, embora ele, Witi, esteja com algumas questões físicas que não estão totalmente esclarecidas. Não está lesionado, mas ainda estamos à espera de uma informação no sentido de perceber se ele pode dar, ou não, o seu contributo à selecção nacional. OC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s