SUB-23:: Gana vence, mas Moçambique deixa boas indicações

Duas grandes penalidades deram vitória à selecção de Gana sobre Moçambique, por 2-1, em desafio disputado este domingo, 23 de Outubro, no Zimpeto, para primeira mão da derradeira eliminatória de acesso ao CAN de sub-23 – Marrocos2023.

Texto: David Nhassengo / Fotos: Luís Muianga

Difícil, mas não impossível. Os Mambinhas têm agora comprometida a qualificação que seria inédita ao CAN de sub-23, porém tudo vai depender do que poderão fazer próximo domingo, 30 de Outubro, em Accra, no desafio da segunda mão.

De resto, a sensação com que se ficou no Estádio Nacional do Zimpeto é de que os dois conjuntos têm mesmo nível competitivo. Ou melhor, que nenhum é superior do que o outro tal como se viu ao longo dos 90 minutos.

O nulo prevaleceu até ao intervalo como significado de um jogo bastante táctico, equilibrado. Mas o infortúnio bateu à porta dos moçambicanos no minuto 56 quando Foia travou a progressão de Daniel dentro da zona do rigor.

O árbitro entendeu que o capitão moçambicano tocou no pé de apoio do capitão ganes, não tendo dúvidas em assinalar a grande penalidade. Forçada em todo caso, para o espanto até dos beneficiários. Daniel converteu o castigo máximo em golo (57’).

Os moçambicanos foram atrás de um resultado favorável e até dominaram nos minutos seguintes. Mas viram-se bastante limitados com o anti-jogo dos atletas ganeses, estes que por diversas vezes puseram-se no chão chegando a ver cartões amarelos pelo cai-cai.

E na única vez que tentaram jogar, aproveitaram-se de um erro defensivo nacional para gerar danos. Simba ganhou a bola nas costas de Celton e partiu isolado em direcção à baliza. Ao notar que Foia não aparecia para compensar a sua subida e recuperar a posição, o central da Black Bulls correu atrás do prejuízo e abraçou o oponente já dentro da grande área.

Nova penalidade, novamente convertida em golo por Daniel, no minuto 77.

Com o 2-0 no marcador, os moçambicanos poderiam ter desistido tecnicamente. Mas não foi o que aconteceu. Encheram o peito de orgulho e, aos 88, apontaram o golo da esperança.

Na cobrança de um livre directo, Gianlucca atirou ao poste do guarda-redes Danland e Horácio apareceu na boca da baliza para a recarga que reduziu a diferença no marcador.

Os donos da casa ainda esboçaram dois, três ataques perigosos antes do apito final, mas o resultado, esse, é que não mais alterou.

Os dois conjuntos voltam a encontrar-se próximo domingo, 30 de outubro, em Accra, para a segunda mão desta derradeira eliminatória de apuramento ao CAN de sub-23, Marrocos2023. [OC]


One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s