Liguilha vai hoje a sorteio!

O cruzamento de jogos da Liguilha de Permanência no Moçambola será conhecido na tarde desta quinta-feira, 11 de Novembro, conforme o acordado entre a Federação Moçambicana de Futebol, os clubes e as Associações Provinciais de Futebol da Zambézia, Manica e Cidade de Maputo.

Texto: David Nhassengo

Conforme apurou OC-Olho Clínico, o torneio deverá ser disputado num sistema de todos contra todos e em apenas uma volta, em virtude de os clubes terem manifestado insuficiência de fundos para aguentarem mais tempo em Vilankulo.

A título de exemplo, cada um dos três clubes precisa de cerca de um milhão e meio de meticais para as despesas de transporte, alojamento e alimentação das respectivas delegações, valor esse que duplicaria caso a Liguilha fosse disputada em duas voltas.

Para minimizar os custos dos clubes e da organização desta competição de curta duração, a FMF decidiu repartir por quatro a receita da bilheteira, com os clubes a dividirem, por igual, 75% do valor arrecadado, cabendo a restante percentagem à Associação Provincial de Futebol de Inhambane.

Regulamento de prova prevê finalíssima a 27 de Novembro

Segundo apurou o nosso portal junto da organização, o sorteio desta quinta-feira (11) apenas ditará o cruzamento do jogo de abertura, na medida em que o regulamento da prova determina que o vencedor deste encontro inaugural fica isento de realizar o segundo devido ao número ímpar de equipas. Volta, isso sim, a jogar na terceira e última ronda.

A equipa derrotada na primeira ronda joga na segunda, para a despedida, diante do conjunto que ficar isento no jogo inaugural – este último que depois volta a entrar em cena para o terceiro encontro.

Tal permitirá que, independentemente do resultado da segunda jornada, o terceiro e último jogo desta Liguilha de Permanência seja uma finalíssima.

Por conhecer está o critério de desempate em caso de igualdade de pontos…

Árbitros de elite?

Apesar de não haver muita fé em que isso aconteça, a federação pediu à Comissão Nacional de Árbitros de Futebol (CNAF) para que ensaie, na Liguilha, a criação de árbitros de elite, um sonho – recordamos nós – do antigo vice-presidente dos homens do apito, o finado Ebrahim Ahmed, pelo qual foi até combatido internamente.

Ou seja, é desejo da Casa de Futebol que a Liguilha seja o palco da verdade desportiva e não de brilharete de uma classe que chega a meter medo aos atletas, estes últimos que em outros quadrantes são os verdadeiros artistas da bola.

Mesma vontade tem a Associação Provincial de Futebol de Inhambane que espera encontrar na CNAF um verdadeiro parceiro da Liguilha. Não – referenciamos nós – uma instituição que se limita a nomear aqueles que irá castigar mais tarde, cujos castigos cumprem nas férias.

Refira-se que este torneio será disputado entre os dias 21 e 27 do mês em curso, no campo do Alto Makhassa, em Vilankulo, pelo Matchedje de Mocuba, Textáfrica de Chimoio e Desportivo de Maputo, emblemas que ocuparam as três últimas posições do Moçambola2021. [OC]

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s