#theBAL: Ferroviário de Maputo perde diante do Patriots em jogo dos quartos-de-final

A equipa moçambicana caiu eliminada nos quartos-de-final da Basketball Africa League (BAL) pelos anfitriões do Patriots, num jogo em que a decisão teve de ir ao último segundo. 73 a 71 foi o resultado final.

Texto: David Nhassengo / Fotos: @theBAL

Depois de uma entrada péssima ao jogo, com os donos da casa a comandarem o primeiro período, saindo do mesmo a vencer por 24 a 15, o Ferroviário de Maputo transfigurou-se na etapa seguinte, triunfando no parcial por 24 a 18 e a reduzir para apenas três pontos a desvantagem no marcador geral ao intervalo: 42 a 39.

No reatamento o Ferroviário de Maputo manteve a postura. Não só mandou no jogo como também alcançou uma vantagem de três pontos (54 – 57) ao fim do terceiro período, mercê do triunfo de 18 a 12.

Na derradeira etapa as duas equipas bateram-se duro, mas tão duro ao ponto de o último minuto da partida ter sido fundamental para os donos da casa carimbarem a vitória.

Se a três minutos do fim da partida os dois conjuntos estiveram empatadas a 70 pontos, os lançamentos livres acabaram por ser determinantes para o desempate. Até ao finalzinho da partida, os Patriots marcaram três contra apenas um tiro do Ferroviário de Maputo.

Os níveis de concentração na saída ao ataque e a decisão debaixo da tabela acabaram sendo determinantes para o combinado nacional sair derrotada deste encontro que, se diga, teve uma assistência especial ademais do público nas bancadas: Paul Kagame e Emmanuel Macron, respectivamente presidentes de Ruanda e da França.

O colectivo superou o individual!

O dinâmica do jogo colectivo foi o grande segredo para o Ferroviário de Maputo pôr os anfritriões em sentido. O cinco base nacional esteve em evidência em todas as estatísticas individuais.

Demarcus Holland não só foi o atleta que cumpriu os 40 minutos de jogo como também foi o líder das assistências do encontro (8), seguido pelo colega de equipa Myck Kabongo (6).

Holland foi ainda o terceiro melhor marcador da partida, porém o atleta do cinco nacional com mais pontos. 13 contra 12 de Álvaro Masa e 11 de Custódio Muchate.

O espanhol (Álvaro Masa) esteve em alta nos ressaltos, com nove, seguido pelos colegas de equipa Adjehi Baru e Myck Kabongo com oito. OC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s