MOÇAMBOLA:: Clubes recebem testes rápidos para COVID-19 para 13 jornadas

Os 14 emblemas que disputam o Moçambola receberam esta terça-feira, 20 de Abril, um total de 4.550 testes da Federação Moçambicana de Futebol (FMF) através da Liga Moçambicana de Futebol (LMF), número suficiente para garantir a testagem durante 13 jornadas da prova.

Texto: David Nhassengo

Cada um dos 14 emblemas representados na sede da federação recebeu 13 kits de testagem para a exposição ao novo coronavírus no organismo, contendo cada 25 zaragatoas e igual número de reagentes, o suficiente para testar jogadores, equipas técnicas e oficiais para os jogos do do Moçambola.

Para além dos 4.550 destinados aos clubes, os árbitros que ajuízam a prova máxima foram também contemplados na oferta, tendo a Comissão Nacional de Árbitros recebido 500 testes da federação.

Ademais da entrega dos testes, que custaram 100 mil dólares norte-americanos aos cofres da federação, aos clubes foi entregue o regulamento de implementação do Protocolo Sanitário do Moçambola, um instrumento orientador no tocante à testagem e ao tratamento de casos positivos – bem como os inconclusivos – ao longo da competição.

Refira-se que esta acção decorreu no âmbito do plano de retoma do Campeonato Nacional se Futebol, cuja autorização depende exclusivamente do Presidente da República.

Aliás, a testagem semanal dos intervenientes da prova é uma condição deixada por Filipe Jacinto Nyusi para que possa decidir a favor do desconfinamento do futebol no País, algo que não aconteceu ao longo das quatro jornadas que rodaram até à sua interrupção em Fevereiro último.

Garantida a testagem até ao fim da temporada

Intervindo na cerimónia de entrega dos testes, o presidente da FMF, Feizal Sidat, fez saber que este é, apenas, o primeiro passo dado para garantir a segurança sanitária durante a disputa do campeonato.

Explicou que os 4.550 testes entregues aos clubes são parte de um lote de 7.000 adquiridos pela sua instituição para os clubes, árbitros e selecções nacionais com compromissos internacionais.

São ao todo 4.550 testes que fazem parte desta primeira fase. Chegam para entre 12 e 15 jornadas. Haverá uma segunda na qual iremos disponibilizar mais kits de testagem para as jornadas subsequentes até ao fim da competição”, garantiu Sidat, que na ocasião recomendou a boa conservação da oferta.

Esperança reforçada pela retoma do Moçambola

O presidente da LMF, Ananias Couana, enalteceu por sua vez o gesto da federação, o de garantir a testagem dos intervenientes até ao fim da presente edição do Moçambola.

Para Coana, a disponibilização de testes aumenta a expectativa e reforça a esperança da comunidade futebolística em relação à retoma da competição.

Este acto representa, para a LMF, uma prova inequívoca do cumprimento das recomendações do Chefe de Estado, da salvaguarda da saúde de todos os intervenientes da prova: atletas, técnicos, amigos e familiares. Decorre na perspetiva da retoma do campeonato nacional”, comentou.

Adiante, Ananias Couana instou os clubes a continuarem empenhados no cumprimento das recomendações das autoridades sanitárias no tocante à proteção dos seus activos contra infecção do novo coronavírus, por forma a que passem em branco no radar dos testes já disponíveis. OC


[*Este conteúdo foi oferecido por http://www.jogabets.co.mz – Registe-se com o Promo Cod 530051 e receba um bônus especial de boas-vindas]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s