Ferroviário de Maputo:: Equipa técnica pede reforços para o ataque

A falta de golos continua a preocupar a equipa técnica do Ferroviário de Maputo, liderada por Daúde Razaque, que diz estar no mercado de contratações a busca de avançados.

Por: Redacção

Estes pronunciamentos foram feitos por Cláudio Chilengue, treinador-adjunto e porta-voz da equipa técnica da locomotiva da capital do País, sábado último, 21 de Novembro.

De acordo com o técnico, o plantel do Ferroviário de Maputo ainda não está fechado, pelo que o emblema precisa de jogadores de ataque. “A finalização é actualmente o nosso calcanhar de Aquiles e vamos ver se até o arranque do Moçambola teremos ou não esses jogadores”, explicou.

Quando questionado sobre a nacionalidade dos desejados, o técnico disse que todas as opções são neste momento válidas, sejam eles moçambicanos ou estrangeiros, bastando estar garantida a qualidade, ou seja, os golos que brilham pela sua ausência naquela colectividade.

Dois avançados serão suficientes. Estamos neste momento a fazer algumas observações. Compreendam que queremos construir um Ferroviário dominador”, apontou.

Enquanto não chegam os desejados reforços de ataque, o quadro técnico daquela colectividade promete “continuar a trabalhar” por forma a conduzir a locomotiva a bom porto.

Refira-se Cláudio Chilengue falava momentos após o empate, a zero, entre o Ferroviário de Maputo e a Associação Black Bulls, em desafio da terceira jornada do Torneio de Solidariedade da Cidade de Maputo. OC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s