COVID-19:: O desporto colectivo poderá regressar a qualquer momento!

O desporto colectivo deverá retomar a qualquer momento à fase de treinamento, caso os clubes garantam que estão em condições sanitárias de o fazer. É por isso que decorre, actualmente, uma campanha de inspecção aos recintos desportivos, levada a cabo por uma equipa multi-sectorial do Ministério da Saúde, da Secretaria de Estado do Desporto e da Liga Moçambicana de Futebol.

Por: Abiatário rombane

Esta é a leitura que se deve fazer da comunicação proferida na noite de quarta-feira, 05 de Agosto, pelo Chefe de Estado, Filipe Jacinto Nyusi, na qual decidiu decretar um novo Estado de Emergência.

Durante a intervenção, o Estadista deu a conhecer as três fases da retoma gradual da vida sócio-económica, não tendo feito em nenhuma delas qualquer referência à actividade desportiva colectiva.

Na verdade e, sempre de acordo com Nyusi, as modalidades desportivas colectivas têm “a sua retomada dependente da verificação das condições que forem impostas pelas autoridades sanitárias e pelos organismos de inspecção”.

Ou seja, o desporto colectivo não está afinal ostracizado. Pelo contrário. Deve preparar-se para regressar a qualquer a momento, mediante a garantia de condições sanitárias para a segurança dos seus agentes.

Este entendimento é igualmente explicado pelo trabalho de inspecção conjunto que os técnicos do Ministério da Saúde, da Secretaria do Estado do Desporto e da Liga Moçambicana de Futebol têm vindo a realizar nos clubes.

O relatório a ser produzido por esta equipa de trabalho é que será determinante para a retoma ou não dessas modalidades.

Dito de outro modo, a bola está agora no campo dos clubes que deverão, nos próximos dias, provar que cumprem escrupulosamente com as recomendações emanadas no protocolo sanitário, sendo assim capazes de convencer o Chefe de Estado a decidir favoravelmente pelo seu regresso ao activo.

Refira-se que, ainda na sua intervenção, o Presidente da República anunciou a retoma dos ginásios e do exercício dos desportos motorizados a partir de 01 de Setembro, a chamada “Fase 2 para o alívio das medidas restritivos“.

One comment

  1. Tudo depende de nós..
    Ou. Conseguimos responder favoravelmente as exigências ou não. Só isso. Mais já vai tarde.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s