NYUSI enaltece trabalho dos clubes para garantir regresso seguro

Na sua comunicação à Nação, Filipe Jacinto Nyusi confirmou a manutenção das medidas restritivas actualmente em vigor até 29 de Julho, o derradeiro dia da terceira e última prorrogação do Estado de Emergência. O Chefe de Estado enalteceu os passos dados pelos desportistas que trabalham para um regresso seguro da actividade desportiva.

Por: David Nhassengo

Em diversos momentos da sua intervenção, feita na noite desta quinta-feira, 16 de Julho, o Chefe de Estado referiu-se aos desportistas, a quem instou-os a continuarem a trabalhar e a prepararem-se para a nova normalidade.

Aliás, Filipe Nyusi avançou que essa preparação para o novo normal deve ser feita por todos, num esforço conjugado com o objectivo de “encontrar o equilíbrio necessário entre a garantia de saúde para os moçambicanos e a necessidade de reanimar a economia e a vida social”.

Foi a olhar para este quadro que, revelou o estadista, dialogou com os desportistas e demais segmentos da sociedade, um facto que facultou a recolha de “um vasto leque de diferentes sensibilidades e em diferentes formatos”.

Nestes encontros, foi denominador comum que devemos aprender a viver uma nova normalidade, ao mesmo tempo que devemos ser cautelosos na transição para essa nova condição de normalidade”, confidenciou.

Filipe Nyusi entende que a sociedade – incluindo os desportistas – deve por isso intensificar as medidas de preparação para essa transição, criando condições para retoma gradual das actividades, de forma segura e consciente.

O MISAU deve regular o “novo normal”

Ainda na sua intervenção, o Chefe de Estado encarregou o Ministério da Saúde a assegurar a transição para a nova normalidade, “fornecendo os padrões de exigências para a retoma progressiva das actividades em todos os sectores”.

Às demais instituições, como sejam os clubes desportivos, entre outros segmentos da sociedade que pretendam a retoma das suas actividades, apontou ser “imprescindível providenciarem condições básicas como água, saneamento e a higienização, bem como assegurarem o distanciamento social”.

Nesta linha enalteceu os sectores desportivo, religioso e cultural que “avançaram claramente para o cumprimento dos necessários requisitos” para a retoma das suas actividades.

Por agora e, até fim da terceira prorrogação do Estado de Emergência, “comunico à Nação que manteremos em vigor toras as medidas já anteriormente anunciadas“, rematou Filipe Nyusi, o que significa que até 29 de Julho somente está autorizada a prática de actividade física ao ar livre de forma individual, cumprindo-se com o distanciamento físico, bem como o treinamento das selecções nacionais de alto rendimento com compromissos internacionais. OC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s